Saturday, February 12, 2005

Riscos & Possibilidades (Dias Perigosos)

[Parris], like the rest of Salem, never conceived that the children were anything but thankful for being permitted to walk straight, eyes slightly lowered, arms at the sides, and mouths shut until bidden to speak.
(Arthur Miller - The Crucible)
A vida é um risco, menino
E você pode falar o que pensa
Desde que todos concordem
+
Nestes dias perigosos
Não há espaço para a poesia
E a sinceridade deve ficar bem escondida
Atrás de lisonjas e sorrisos
+
Menino, comporte-se
Divergir pra quê?
Decore o script
E depois conversamos
+
Amenidades, por favor
Que a palavra agora
Tem uma estranha função
+
Sim, são dias perigosos
Por mais que se diga o contrário...
+
Mas você pode dizer o que quiser
Desde que não seja o que pensa
Desde que seja mais uma voz
No coro da indiferença
+
Ainda que o silêncio pese uma tonelada...

14 comments:

Leila said...

São dias difíceis, são dias perigosos:
O caminho requer habilidades, e destas não possuo tantos esconderijos na manga...
não aprendo. beijo.

Neysi said...

Para de filosofar menino e vai ver o bbb5! Beijo

lady_bug_falling_star said...

BBB 5 só distrai dos dias que são mesmo perigosos.Me pergunto se na ditadura não estava mais fácil,se os julgamentos eram menos ferrenhos do que hj.Dizer o que pensa hj não é mais anarquia.É um ato e coragem e personalidade!
Muito boa mesmo,Ricardo!
Olha,postei um zilhão de poesias lá pra vc,tá bom?!Agora vc vai se fartar!Esteja a vontade pra sugerir,elogiar e criticar!
Beijos e abraços,e muito sucesso!

Immortal X said...

Olá!
PErfeito esse texto! É horrível que a maioria das pessoas sejam "obrigadas"a seguir a boiada hipócrita e burra..
Um abraço!

Anonymous said...

é verdade, por mais que ensine a ter opiniao e lutar pelo que se quer, a máquina nos devora e somos tolhidos de nossos direitos.

até que enfim pude deixar comentário aki, sua pagina nunca abria, mas descobri pq.
vc digitava poesia reISdual, não tinha como, agora cheguei para agradecer as visitas e os comentarios, estarei sempre por aki
bjos querido

Anonymous said...

o ultimo comentario é meu
Liliane - www.soumamulher.bigblogger.com.br

Lu Morena said...

A vida é mesmo um perigo...
A ANE tá com um concurso de poesias, temática livre. Vc já se inscreveu? É até o dia 20!!

m* said...

Acredito, como na canção do Chico, que "os poetas, como os cegos, podem ver na escuridão"...

Beijo de bom domingo,
Margarida

Anonymous said...

Oi Ricardo, uma verdade verdadeira, rsrs. Pode-se dizer o que quiser, contanto que seja a verdade que o outro queira ouvir. Chato ter que silenciar qdo há tanto a ser dito. Sou de falar o que de dentro de mim brota, mas tomo cuidado com quem estou a falar. Se silencio, sufoco-me tb. Muitos beijinhos e boa semana que começa e que espero não seja nada difícil.kkkk...
Anne
www.anne_voce.blogger.com.br

Mylle said...

essa sua poesia... ficou genial aos meus olhos! merece mais uma, duas, dez leituras... =)

Anonymous said...

Ricardo:
São perigosos e difíceis os dias, sim. E, a sua poesia, desnuda essa verdade crua, de forma bela e sensível. Sempre maravilhoso estar aqui e caminhar por suas palavras.
meu beijo de carinho imenso,

Míriam Monteiro - http://migram.blog.uol.com.br

lady_bug_falling_star said...

Sabe o que mais gosto nos seus comentários???
É que eles trazem informação. Gosto muito de Caetano, John Lennon e Paul M., mas não consigo me lembrar quando e onde eles usaram essa dualidade do poeminha lá do meu 'broguete'....Mais um motivo pra eu pesquisar sobre o assunto, again.
Tnaks a lot!

Anonymous said...

Olá, meu amigo, já estou por aqui de novo conferindo as novidades. Vou indicá-lo nas minhas páginas. Aguarde.
Abração
Luiz Alberto Machado
www.abarata.com.br/sites/luizalbertomachado/

Anonymous said...

Olá Ricardo, uma releitura. Muito bom ler-te, reler-te.é um privilégio vir cá, agradeço-te pela partilha. Desejo-te um restinho de semana feliz.
Saibas pq o meu blog está de parabéns...(se desejares). beijos. Anne