Saturday, November 06, 2004

Não Me Apaixono Mais

Não me apaixono mais
Se a idade assim já não permite
Não me apaixono mais
Pois, se tanto, o que canto
É paixonite

Não me apaixono mais
Pois as lindas janelas claras
Que verdejam em minh’alma
Já não vêm sem um toque de cinismo
Ou como mero grão de esmola

Não me apaixono mais
Mas outro dia vi você
E certamente sem querer
O que senti foi tal paixão

Ou talvez não, adrenalina
Quase paixão anfetamina
Outro dia vi você
E senti pena de mim

4 comments:

Luna Romanov said...

Oie!!!!
Mto legal...... acho q vou por no meu flog......
Ah, fiz um flog novo (o outro dava mto problema), vai lá ver.. www.fotolog.net/luna_romanov

m* said...

Eu sempre digo pra mim mesma: não vou sonhar mais...
[mas não tem adiantado muito]

Gosto do que você escreve...

Beijo,
Margarida

Neysi said...

"Largo a paixão
Nas horas em que me atrevo
E abro mão de desejos
Botando meus pés no chão... "

(Só o tempo, Paulinho da Viola)

Bom Domingo!

Anonymous said...

"Deus me deu um amor no tempo de madureza,
quando os frutos ou não são colhidos ou sabem a verme.
Deus-ou foi talvez o Diabo-deu-me este amor maduro,
e a um e outro agradeço,pois que tenho um amor"

"Mas porque me tocou um amor crepuscular,
há que amar diferente"

(Campo de Flores,Carlos Drummond de Andrade)

...mas nunca deixar de amar,caro amigo!
Bob.