Saturday, March 26, 2005

Sobre Poemas e Porres

Eu escrevo poemas
Como quem passa mal

Eu procuro seu rosto
Como quem busca a paz

Eu distorço a verdade
Como quem não a quer

Eu tomo porres homéricos
Como um ato de fé

Eu acredito em mentiras
Eu escrevo poemas

17 comments:

Neysi said...

Eu também acredito em mentiras...

margarida said...

e eu amo seus poemas!!!

um beijo

Luciane said...

Lembrei-me de Cazuza:
"Mentiras sinceras me interessam".

Leila said...

Eu conheço o caminho do poema.
Bom domingo. Meu beijo.

Bob said...

Porres homéricos...muito me interessam...me chama?rsss
Um abração,do Bob.

Eliane Alcântara. said...

Ricardo, estar aqui em sua página é sempre um prazer que supera qualquer comentário. Uma semana linda e um belo domingo de Páscoa! Beijos Pascais!

Anonymous said...

Feliz Páscoa, Ricardo!

Bem legal este poema, gostei!
Adoro suas visitas ao meu blog!!!

Beijinhos,
anniepaul.

JéSSica said...

gostei. de verdade.
palavras rápidas. com efeito.
limpas. bem diretas.
gistei mesmo.
eu tenho estado meio ocupada.. mas assim que tiver um tempinha, colocarei vc nos meus liks. acho que ler suas linhas deve ser uma rotina! coisas boas são boas todo dia!
grande abraço!

Fabiano Morais said...
This comment has been removed by a blog administrator.
Fabiano Morais said...

fala, ricardo. estranhas coincidências... postei no meu blog um poema que também diz de excessos... como diria vovô blake, "o caminho dos excessos leva ao palácio da sabedoria". o negócio é tentar não capotar na estrada... forte abraço.

sandra said...

Ricardo!! Acreditar em mentiras talvez seja condição básica pra ser poeta!! Lindo!!! Lembrou-me Bandeira: "Eu faço versos como quem morre!" Grande beijo, poeta!!

Anonymous said...

Ja disse que adoro os seus posts?
Se disse, eu repito....
É muito bom entrar aqui e ler o que posta.

bjao

Be

http://anjinha.betiza.zip.net

Immortal X said...

"O poeta é um fingidor..."

Bjos!

Elise said...

Escreves como quem traz a ilusão para a realidade e confunde-se com ela. Bendito talento esse teu, Ricardo. Beijo.

virna said...

"mentiras sinceras me interessam"

Poemas de amor e dor said...

Belo poema. Foi um prazer ter estado neste belo canto da poesia.
Rogério

LUIZ ALBERTO MACHADO said...

Olá, Ricardo, é sempre muito bom visitá-lo e ficar curtindo seus versos.
Valeu, voltarei sempre.
Abração
Luiz Alberto Machado
www.luizalbertomachado.com.br