Saturday, July 09, 2005

Lição

Aprendi a ler nas entrelinhas
(E por trás delas)
A cada novo esbarrão
Em um ponto final.

Mas não espere encontrar nas minhas
Palavras belas
Pois minha intenção
(Se me consente)
É pôr em sua mente
Um ponto de interrogação
- ou não?

15 comments:

sandra said...

Belíssima lição, Ricardo!! Bem ao meu estilo favorito!! Dizer nas entrelinhas... Beijo

Immortal X said...

MAis uma lição de poesia!
Menos é sempre mais!
Bjão!

Anonymous said...

Adorei o poema!
Fica a interrogação ( e a possível resposta, vica a nos rondar...)
Meu beijo de carinho imenso.

Míriam Monteiro - Meu Porto

Maria Borges said...

Nada como uma dúvida para manter o interesse, né? Adorei o poema. Beijo, Ricardo.

Anonymous said...

Muito legal!!!!!
Saudades suas.
Beijinhos!
Paula.(anniepaul)

Anonymous said...

Me de um pouco dessa sua inspiraçao, quem sabe aida nao consigo escrever algo como vc..rs
bjaoooooo

Be

qvodmylla said...

Olá, gostei muito! (Ou não)

Bjs,

Qvodmylla

Paullo said...

uma liçao confusa ham... - ou não?
acho que a dúvida ou segredos deixam uma pessoa bem interessante... nao acha? :D

;)
abraços ricardo...

Márcia said...

Nunca um ponto final.
Beijo.

Cleo said...

Talvez prefira, à mente da muda, a do poeta, o tal ponto de interrogação.

Liliane said...

que lindo isso, adorei...
tocou-me profundamente

Elise said...

A interrogação final faz com que o poema não se finde, não se cale. Ao contrário, ele continua ecoando nos olhos de quem lê. Uma lição de entrelinhas!
Beijo.

lady_bug_falling_star said...

A função do poeta é criar o questionamento e incitar o pensamento.Você consegue isso até dizendo que isso acontece.(rs)
Beijaum!

Lu Morena said...

Só mesmo cheio de interrogações na cabeça podemos encontrar algumas exclamações, né?!
E eu prefiro as reticências aos pontos finais. São muito drásticos de vez em quando.
Ou não...

Marco Antonio Duarte said...

Profundo!
Esta incompletude acintosa ao mesmo tempo que confunde, nos propele a buscar uma resposta. Aliás, que resposta?

Um abraço,