Tuesday, June 24, 2008

EVOÉ!

Lennon & McCartney
Paulinho da Viola
Tardes de sábado
Papos, cores e sons

Filmes de Woody Allen
Anos Incríveis, Coppola
Chopps amarelinhos
Laços e Porcos com Asas

Circos voadores, celsos e lobos
E o tempo em que eu acreditava
Carmos, marias e cláudias
E Caio Fernando Abreu

Aulas e beijos roubados
Stratford-Upon-Avon
Milagres em que só eu acredito
E o teu sorriso perfeito

E tudo o que eu não digo
Por carência de papel e memória
Cirandas na Costa Verde
E o gosto do teu abraço

A ser continuado...

5 comments:

Bruna said...

Adorei!!!
Quanta inspiração em um só ser...
Beijinhos!!!

Soraia said...

Boa noite Ricardo!

Saudade de ler a tua poesia...de sentir as palavras ganharem vida por meio de sua arte poética!

Lindo poema...linda cadência poética!Parabéns!

Lu said...

Oi moço, pela primeira vez venho ao teu blog. Estou deliciada mas não surpresa que de alguém tão apaixonado pela vida só pode se esperar algo tão belo. Há muita verdade em seus escritos e a boa técnica não mascara a possiblidade de sentir tuas palavras. Obrigada pela viagem.
Lu

Adrielly Soares said...

Que apaixonante. Me parece o cenário perfeito, momentos perfeitos, cheio de cores, tons, imagens e sons que eu adoraria.
;*

Fernanda said...

Se separar as palavras do poema, já causa impressão maravilhosa!
Todas juntas, parecem um ponche de alegria e satisfação, no sentido mais profundo da palavra!
Gostoso demais!
Cheira à juventude, á sol seguido de chuva de verão.
Adorável, como sempre.